A maior influência para os adolescentes fumarem são os irmãos mais velhos, diz estudo

0
156

O    tabagismo é uma das principais causas de doenças evitáveis e incapacidades   prematuras. Nesse sentido, realizou-se um estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar os fatores de risco associados ao tabagismo em adolescentes.

O estudo realizado na cidade de Pelotas (Rio Grande do Sul) analisou uma amostra composta por 1.187 adolescentes tabagistas, com idades de 10 a 18 anos.

A prevalência de adolescentes tabagistas na cidade de Pelotas foi estimada em 12%. Os autores do estudo tentaram identificar ainda quais eram os principais fatores de risco para que esses jovens ingressassem no vício.

A análise das informações obtidas permitiu que os autores do estudo concluíssem que: ter irmãos mais velhos fumantes, ter 3 ou mais amigos fumantes, e ter baixa escolaridade, eram, por ordem decrescente de importância, os principais fatores determinantes para o tabagismo em adolescentes.

Fonte: Revista de Saúde Pública.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here