Alimentação saudável em homens previne morte por doenças cardiovasculares, mas não por cânceres, revela estudo

0
173

Um estudo correlacionou o padrão alimentar de homens, com o seu risco futuro de morte total, morte por doença cardiovascular ou morte por câncer. Os autores do estudo concluíram que um padrão alimentar saudável era capaz de prevenir  mortes por doenças cardiovasculares, mas não por cânceres.

A análise incluiu 40. 837 homens, entre 45 e 79 anos de idade, que responderam a um questionário sobre a ingestão de 96 diferentes tipos de alimentos. No início do estudo nenhum destes homens tinham o diagnóstico de doença cardiovascular ou qualquer tipo de câncer.

Os homens poderiam ser enquadrados em dois grupos principais: um que ingerira habitualmente um conjunto de 36 itens alimentares saudáveis (grupo com alto nível de alimentos recomendados) e outro grupo que ingeria um conjunto de 18 itens alimentares considerados maléficos (grupo com alto nível de alimentos não recomendados).

Após uma análise estatística detalhada dos dados, foram afastados vários fatores de confusão como a idade, educação, atividade física, tabagismo, uso de álcool, uso de suplementos alimentares, entre outros.  Entre os anos de 1998 e 2005, 4.501 mortes por todas as causas foram observadas (1394 por doenças cardiovasculares e 759 por cânceres).

Os homens que ingeriam mais  alimentos recomendados, apresentavam um risco relativo 80% menor de morte por todas as causas e 70% menor de morte por causas cardiovasculares. O grupo de homens que ingeriram mais alimentos não recomendados, apresentavam um risco relativo 21% e 27% maior de morte por todas as causas e por doenças cardiovasculares, respectivamente. Não houve uma influência significativa destes padrões alimentares sobre as mortes por câncer.

Fonte: European Journal of Clinical Nutrition (2009).

www.portaldocoracao.com.br 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here