Anestesia geral pode afetar o desenvolvimento infantil

0
66

Uma pesquisa recente sugere uma possível associação entre a anestesia geral na infância  e, futuros distúrbios comportamentais e de desenvolvimento. As crianças no estudo expostas à anestesia geral , apresentavam uma probabilidade duas vezes maior, em comparação às crianças não expostas, de serem diagnosticadas com tais distúrbios.

Mas esses resultados são preliminares e devem ser confirmados, segundo a co-autora do estudo e professora de anestesiologia e pediatria da universidade de Columbia ( Estados Unidos ) , a Dra. Lena S. Sun.

A Dra. Sun acrescenta que os resultados deveriam ser interpretados com cautela e não deveriam ser considerados pelos pais como uma razão para evitar os procedimentos cirúrgicos necessários. "Essa é a última coisa que gostaria que os pais fizessem", diz ela. "A principal mensagem a esta altura é que existe uma necessidade de mais pesquisas para responder essa pergunta".

Até agora, todas as pesquisas ocorreram em animais. Vários estudos , mostraram que agentes anestésicos comumente utilizados podem ser tóxicos para o cérebro em desenvolvimento. Em um esforço para avaliar se o mesmo acontece em seres humanos, a Dra. Sun e colaboradores , analisaram os prontuários de 625 crianças que haviam sido expostas à anestesia geral durante a cirurgia e 5.000 crianças sem história de exposição.

Todas as crianças nasceram entre 1999 e 2000 e todas estavam matriculadas no programa New York State Medicaid. As crianças expostas à anestesia geral haviam sido submetidas à cirurgia para o reparo de hérnias não-complicadas. Após o ajuste para fatores associados aos distúrbios comportamentais e de desenvolvimento, incluindo baixo peso ao nascer e sexo, os pesquisadores concluíram que as crianças com história de exposição à anestesia geral apresentavam uma probabilidade quase duas vezes maior de ter um reconhecido distúrbio comportamental ou de desenvolvimento em comparação às crianças não expostas.

A Dra. Sun , disse que os resultados podem ter sido influenciados pelo fato de que todas as crianças do estudo eram economicamente desfavorecidas. "É possível que as crianças oriundas de uma população do Medicaid seriam mais vulneráveis por outros motivos", diz ela. A Dra. Sun e seus colaboradores, estão planejando um novo estudo no qual irão acompanhar crianças expostas à anestesia geral nos primeiros anos de vida e comparar o seu desenvolvimento ao desenvolvimento de um irmão. "Os nossos resultados são preliminares, mas provocadores", diz ela.

Fonte: Encontro Anual da American Society of Anesthesiologists ( 2008 ).

www.portaldocoracao.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here