Atividade física na adolescência reduz o risco de osteoporose na idade adulta, sugere estudo

0
112

Um estudo teve como objetivo principal, avaliar a associação entre a prática de atividade física no período da adolescência,  e a ocorrência de osteoporose na vida adulta.

Realizou-se um estudo de base populacional incluindo uma amostra de 1.016 indivíduos de 50 anos ou mais. A atividade física no lazer foi avaliada utilizando o Questionário Internacional de Atividade Física – IPAQ. Os indivíduos foram definidos como ativos se estiveram engajados em atividade física durante a sua adolescência (10-19 anos) pelo menos por seis meses consecutivos.

Os autores do estudo observaram que os indivíduos ativos na adolescência, demonstraram uma probabilidade 67% menor do que os inativos, de apresentar osteoporose na vida adulta. Esse resultado manteve-se significativo após ajuste para os fatores de confusão e para o efeito mediador do nível de atividade física na idade adulta .

Conclui-se que a prática de atividade física na adolescência reduz o risco de osteoporose, independentemente do nível de atividade física  na vida adulta. Desse modo, a adolescência é um importante período no desenvolvimento da saúde óssea.

Fonte:Rev Bras Med Esporte(2009).

www.portaldocoracao.com.br

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here