Atividades físicas regulares diminuem o risco de câncer intestinal, diz revisão de estudos

0
27

O câncer de intestino, também chamado de câncer colo-retal, que abrange o intestino grosso e o reto, atinge um enorme número de pessoas em todo o mundo.

Estimativas de incidência de câncer intestinal no Brasil para 2006, publicadas pelo INCA (Instituto Nacional do Câncer), apontam o câncer colo-retal como o quinto tumor maligno mais freqüente entre homens (com 11.390 casos novos) e quarto entre as mulheres (13.970 casos novos).

No Brasil, no ano de 2008, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) estimou 13 casos novos a cada 100 mil homens e 15 para cada 100 mil mulheres. Em cerca de 90% dos casos, ele ocorre após os 50 anos, aumentando progressivamente sua incidência principalmente após os 60 anos e atingindo seu pico aos 75 anos de idade.

Estudos têm revelado alguns fatores responsáveis pelo seu aparecimento, como dieta rica em gordura animal e pobre em frutas e vegetais. A minoria dos casos (10%) está relacionada com doenças familiares hereditárias transmitidas geneticamente.Uma recente revisão de 52 estudos, sugere que a prática regular de atividades físicas pode diminuir o risco relativo do cancer intestinal em 24%.

A associação entre a prática regular de atividades físicas e um menor risco de câncer de intestino já é bem conhecida, mas uma estimativa desta associação não havia sido realizada até a presente pesquisa.O estudo mostra o efeito positivo de atividades físicas na prevenção do câncer de cólon. Levou-se em consideração atividades físicas diversas como trabalhos domésticos, trabalhos manuais, caminhadas ou idas à academia de ginástica.

Fonte: British Journal of Cancer (2009).

www.portaldocoracao.com.br

www.portaldocoracao.com.br  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here