Aumenta o uso de medicamentos para hipertensão e diabete, em crianças e adolescentes, diz estudo

0
138

Um estudo que avaliou as tendências no uso de medicamentos em crianças e adolescentes americanos, descobriu que o emprego dos agentes anti-diabéticos orais e insulina, ambos para tratar o diabete, e das drogas anti-hipertensivas, aumentou ao longo de um período de dois anos e meio, especialmente em crianças entre seis e onze anos de idade.

O estudo, liderado pelo Dr. Joshua Liberman (CVS Caremark, Estados unidos), declaram que o uso crescente de anti-diabéticos orais e anti-hipertensivos entre crianças e adolescentes indica uma entre  duas coisas: maior conscientização das necessidades de tratamento ou aumento na incidência de fatores de risco cardiovasculares tipicamente associados às populações adultas como a obesidade, doença cuja prevalência é crescente nessa faixa etária.

Liberman e seus colaboradores mensuraram todas as prescrições médicas para crianças e adolescentes que são membros da CVS Caremark, um sistema de gerenciamento de benefícios farmacêuticos, a cada mês, desde 1º de setembro de 2004 até 30 de junho de 2007.Em qualquer mês, a população elegível variava de cinco a seis milhões de crianças entre seis e 18 anos de idade.

Durante o período do estudo, o emprego de agentes anti-hipertensivos e anti-diabéticos (hipoglicemiantes orais e insulina) aumentou marcadamente, na ordem de 15% e 23,9%, respectivamente.

Fonte:Archives of Pediatric and Adolescent Medicine(2009).

www.portaldocoracao.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here