Baixa aptidão física, após os 20 anos de idade, aumenta o risco futuro de diabete, diz estudo

0
121

Uma baixa aptidão física, a partir do início da idade adulta, aumenta significativamente o risco futuro de diabete melito, dizem os pesquisadores da Northwestern University (Chicago, Estados Unidos).

Os autores do estudo analisaram dados provenientes de 3.989 participantes do estudo CARDIA (Coronary Artery Risk Development in Young Adults), um  estudo americano desenvolvido para avaliar o risco de doença cardíaca em adultos jovens.

Os indivíduos participantes do estudo foram submetidos à realização de três testes ergométricos, ao longo de 20 anos de acompanhamento, visando avaliar o grau de aptidão física de cada um destes adultos, em determinados momento de sua vida.

Os pesquisadores concluíram que o risco de novos casos de diabete melito após os 40 anos de idade aumentava em 22% nas mulheres e em 45% nos homens, que apresentavam os menores graus de aptidão física ao longo do tempo. Entre as pessoas que apresentavam uma aptidão física similar, aquelas com um maior índice de massa corporal (IMC) eram mais propensas a desenvolverem diabete melito.

Os autores acreditam que estes achados nos indivíduos com baixa aptidão física, possam ser atribuídos a presença de um maior IMC,  pior sensibilidade à ação do hormônio insulina (que permite a entrada do açúcar para dentro das células), aumento da atividade inflamatória, entre outros aspectos.

Fonte: Diabetes Care.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here