Bebida energética pode aumentar o risco cardíaco, diz estudo

0
214

Pesquisadores da Mayo Clinic (Rochester, Estados Unidos) demonstraram através de um pequeno estudo, que o consumo de uma determinada bebida energética acarreta efeitos cardiovasculares adversos.

Os autores avaliaram 25 voluntários adultos, saudáveis e ​​jovens, que beberam uma única lata de uma bebida energética popular nos Estados Unidos, chamada Rockstar.

A ingestão da bebida produziu um aumento de 7 mmHg na pressão arterial sistólica (pressão arterial máxima). Os autores também observaram um aumento na ordem de 67% dos níveis sanguíneos de noradrenalina, um neurotransmissor que causa aumento da frequência cardíaca, vasoconstricção (estreitamento dos vasos) e elevação da pressão arterial. Todas estas alterações podem causar um aumento do risco cardiovascular, escreveram os autores do estudo.

Uma lata de Rockstar contém 480 ml, 240 mg de cafeína, bem como outros ingredientes, incluindo 2 gramas de taurina, guaraná e raiz de ginseng. Os pesquisadores acreditam que os efeitos negativos da bebida energética possam ser acentuados em condições de estresse físico e mental, mas isso não foi confirmado no estudo.

O estudo apresentou algumas limitações, como uma pequena amostra de voluntários, o uso de um único tipo de bebida energética, e o pequeno número de resultados avaliados.

Fonte Journal of the American Medical Association.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here