Cerca de 6% dos adolescentes pensam em suicídio, diz estudo

0
97

Um estudo teve com objetivo avaliar a prevalência de planejamento suicida e fatores associados em adolescentes escolares do município de Porto Alegre (RS), com idades entre 12 e 18 anos.

Para a coleta de dados, utilizaram-se dois questionários auto-aplicáveis: um sobre uso de álcool, drogas, violência, sentimentos de solidão e tristeza, relacionamento familiar, planejamento suicida, comportamento na escola e com amigos, padronizado pela Organização Mundial da Saúde, e o Body Shape Questionnaire. A prevalência de planejamento suicida foi 6,3%.

A análise dos dados mostrou que o planejamento suicida é mais prevalente em meninas e jovens que referem problemas na relação com os pais. O uso de drogas pelos amigos e pequeno número de amigos próximos aumentaram em, respectivamente, 90% e 66% o planejamento suicida.

Aqueles agredidos por colegas, os que referiram sentirem-se sozinhos e tristes apresentaram duas a três vezes mais prevalência de planejamento suicida. Assim, relações familiares adversas, contatos agressivos com colegas e sintomas depressivos aumentam a prevalência de planejamento suicida, necessitando de ações preventivas na escola, incluindo a família.

Fonte:Cad Saúde Pública(2009).

www.portaldocoracao.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here