Cirurgia bariátrica dobra o risco de fratura óssea, diz estudo

0
356
Surgeons preparing for operation in hospital --- Image by © Drew Myers/Corbis

Um recente estudo sugere que a cirurgia bariátrica dobra o risco de fratura óssea, principalmente nos ossos das mãos e pés. O autor principal do estudo foi o Dr. Jackie Clowes, médico da Clínica Mayo (Rochester, Estados Unidos).

“Ainda não sabemos a explicação exata destes achados. Embora uma suplementação agressiva de cálcio e  vitamina D após a cirurgia possa ser muito importante,  estas medidas podem ser insuficientes para impedir o aumento do risco de fratura óssea”, disse o Dr. Clowes.

O aumento da taxa de remodelação óssea e a alteração do metabolismo dos nutrientes tem sido relatados em pacientes após a cirurgia bariátrica. Este estudo avaliou 97 pacientes (idade média de 44 anos) submetidos à cirurgia bariátrica no período de 1985 até 2004. Estes pacientes foram acompanhados, em média, por um período de 7 anos.

A derivação gástrica correspondeu a 90% dos procedimentos cirúrgicos realizados. Os autores do estudo concluíram que a cirurgia bariátrica dobrava o risco de fraturas em qualquer local do esqueleto. Este aumento do risco foi impulsionado principalmente pelas fraturas em mãos e pés, que foram 3 e 4 vezes, respectivamente, mais frequentes nestes pacientes.

“A maioria das fraturas ocorreu em mais de dois anos após a cirurgia, sugerindo que esta é uma complicação tardia da cirurgia bariátrica. Os resultados destes estudo nos surpreenderam, pois a cirurgia bariátrica é efetiva para tratar a obesidade e, desta forma, ofereceria uma proteção contra a osteoporose, diminuindo o risco de fraturas ósseas”,  finaliza o Dr. Clowes.

Fonte: The Endocrine Society Meeting.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here