Cirurgia bariátrica: Riscos de acordo com a idade ( artigo comentado)

0
108

A prevalência de obesidade mórbida  é crescente na população mundial. Existem dúvidas a respeito da segurança das cirurgias bariátricas em certos grupos etários , como os adolescentes e os idosos. Um estudo publicado no periódico Journal of Surgical Research , avaliou os resultados das operações de by-pass gástrico (ligação do estômago com o intestino) , em pacientes com obesidade mórbida , em indivíduos com idade abaixo e acima dos 55 anos, no estado do Texas (Estados Unidos).

Pacientes com mais de 55 anos de idade corresponderam a 10,7% da amostra. O número de pacientes submetidos a by-pass gástrico aumentou em ambos os grupos etários. A porcentagem de pacientes mais velhos passou de 8,5% em 1999 para 16,3% em 2005.A população idosa era mais  do sexo masculino e mais propensa a ser de raça branca, ter mais doenças associadas ( como hipertensão arterial , diabete melito e anormalidades do colesterol e suas frações ) e, em geral , necessitavam de um período de internação hospitalar maior. A taxa de mortalidade hospitalar foi de 0,47% no grupo mais velho e 0,15% no grupo mais jovem.

A idade foi um preditor independente de risco de morte , após ajustes para o sexo, raça, ano da operação e a gravidade da doença. Estes dados mostram que a cirurgia bariátrica tem ganhado popularidade entre os obesos jovens e velhos. O procedimento é seguro em pacientes mais velhos, apesar da maior morbidade e mortalidade.

Fonte: Journal of Surgical Research (2008) – Bibliomed

Comentário: 

A idade é um fator de risco de morte e complicações, relacionados à cirurgia bariátrica , que age de uma forma independente. Devemos lembrar também que a idade , é um importante fator de risco para as doenças cardiovasculares , causa comum de morte entre obesos mórbidos. Embora menos comum do que nos obesos  jovens , a cirurgia bariátrica pode ser indicada em pacientes mais velhos , com um risco de morte muito baixo , quando realizada em centros médicos com experiência no procedimento. Cabe ao médico assitente avaliar a relação entre os riscos e os benefícios dos pacientes na hora de indicar uma cirugia bariátrica.

www.portaldocoracao.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here