Depressão e uso de antidepressivos associam-se a um risco maior, de morte súbita cardíaca, sugere estudo

0
136

Um estudo avaliou 63.469 mulheres sem antecedentes de doença arterial coronariana (presença de placas de gordura na parede das artérias do coração), derrame cerebral ou câncer.  

O objetivo deste estudo foi avaliar a correlação entre  os sintomas depressivos, o uso de medicamentos antidepressivos e a ocorrência de eventos cardiovasculares. Questionários que foram aplicados nos anos de 1992, 1996 e 2000, avaliaram a presença de sintomas depressivos, cuja gravidade foi mensurada através de uma graduação específica, chamada de mental-health-index score. O uso de antidepressivos foi checado nos anos de 1996 e novamente no ano 2000.

Os desfechos pesquisados pelos autores do estudo foram, a ocorrência de morte súbita cardíaca, a doença coronariana fatal e o infarto do miocárdio não-fatal. Depressão e o uso de antidepressivos associaram-se a um risco maior, de morte súbita cardíaca, concluiram os autores.

Entre as mulheres estudadas, 7.9% tinham um mental-health-index score menor que 53, indicativo de depressão significativa. Os sintomas depressivos foram correlacionados com manifestações de doença arterial coronariana (angina do peito e infarto do miocárdio), havendo também uma forte correlação com doença coronariana fatal, mesmo quando outros fatores de confusão (como a hipertensão arterial, o colesterol elevado, tabagismo, entre outros) eram excluídos.

Os dados obtidos a partir do ano de 1996 demonstraram claramente uma associação entre o uso de antidepressivos e a ocorrência de morte súbita cardíaca. Acredita-se que o possível mecanismo dessa associação seja o surgimento de arritmias cardíacas graves, embora mais estudos sejam necessários para confirmar essa hipótese.

O Dr. Whang, um dos autores principais do estudo, conclui dizendo que: "nosso estudo aumenta os questionamentos a respeito dos mecanismos que associam os sintomas depressivos com a morte súbita cardíaca. Este não é o primeiro estudo que associa depressão com morte súbita cardíaca. Os achados do nosso estudo são consistentes com análises prévias, que encontraram uma nítida associação entre os sintomas depressivos e uma maior mortalidade nos pacientes portadores de doença arterial coronariana".

Fonte: JACC (2009).

Texto revisado por Nícia Padilha.

www.portaldocoracao.com.br   

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here