Depressão grave e persistente após um ataque cardíaco dobra o risco de morte, diz estudo

0
202

Pacientes que persistem deprimidos após um quadro de infarto do miocárdio (ataque cardíaco) ou angina instável, apresentam o dobro do risco de morte, quando comparados com aqueles indivíduos que retomam a sua saúde mental.Esta é conclusão de uma nova análise do estudo SADHART (Sertraline Antidepressant Heart Attack Randomized Trial).

O  SADHART, inicialmente publicado em 2002, avaliou 369 pacientes com sintomas depressivos, vítimas de um infarto do miocárdio ou angina instável, e que foram alocados para receber um antidepressivo (sertralina) ou comprimidos de placebo (sem efeito terapêutico), durante um período de 24 semanas.Nesta ocasião, os autores do estudo concluíram que a sertralina era segura e eficaz no tratamento da depressão nestes pacientes cardiopatas.

Uma nova análise do estudo SADHART, sete anos após a sua primeira publicação, concluiu que aqueles pacientes que responderam bem ao tratamento com a sertralina, tinham uma taxa de mortalidade de 15,6%, valor  bem inferior aos 28,4% observados nos pacientes que não responderam a este medicamento.

A mortalidade dos pacientes que persistiam gravemente deprimidos, sete anos após um evento cardíaco, era de 25,5%. Os pacientes com sintomas depressivos leves apresentavam uma mortalidade de apenas 11,6%.

Os autores do estudo esperavam que aqueles pacientes com história prévia de depressão, seriam mais propensos a morrer do que aqueles que desenvolveram os sintomas depressivos apenas depois de serem hospitalizados por infarto do miocário ou angina instável, no entanto, a análise dos resultados não mostrou diferença entre estes dois grupos.

O  SADHART  demonstrou que a depressão persistente após um evento cardíaco,  acarreta um aumento das taxas de mortalidade cardiovascular e, desta forma, deve ser prontamente diagnosticada e tratada.  

Fonte:American Psychiatric Association(2009).  

www.portaldocoracao.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here