Depressão pode ser combatida com frutas

0
69

Aquela dor profunda carregada de angústia, culpa e sensação de falta de algo, conhecida como depressão, pode ser combatida porque é uma doença como outra qualquer. O primeiro passo e o mais imediato pode ser a adoção dos remédios antidepressivos, que geralmente dão resultado. O ideal é que, ao lado dos remédios, o paciente também tenha um acompanhamento psicológico para tentar viver melhor. Porém, há também outras formas de se combater essa doença. Uma dieta alimentar saudável pode ajudar pessoas que sofrem desse mal e de vários outros.

Recentemente, um estudo feito nas Filipinas mostrou que comer duas ou três bananas por dia pode ajudar a combater a depressão. O estudo do Food and Nutrition Research Institute (FNRI), um instituto ligado ao Ministério de Ciência e Tecnologia e o principal centro de investigação na área da nutrição naquele país, detectou que a banana é rica em uma substância antidepressiva natural conhecida como triptofano. A substância estimula os neurônios a produzirem níveis suficientes de serotonina para melhorar o humor das pessoas. Além dessa característica, os pesquisadores também observaram que na fruta são encontrados níveis altos das vitaminas B6, C, A e K. Essas vitaminas podem ajudar a combater a insônia, a fraqueza e a irritação. Também é importante ressaltar que a vitamina regula o nível de glicose no sangue. A regulação se repercute no estado de espírito das pessoas. A banana não produz colesterol nem causa obesidade. Dessa forma, ajuda a reduzir o risco de enfarte do miocárdio.

Entretanto, não só a banana que tem a capacidade de ajudar o organismo a combater a depressão e outros problemas de saúde. Muitas frutas e verduras ajudam as pessoas nessa batalha, além de outras medidas alimentares que podem ser tomadas. A jabuticaba, por exemplo, tem o complexo B, que age como antidepressivo. O espinafre tem potássio e ácido fólico, duas substâncias que podem juntas também prevenir a depressão. A folha de alface é boa para acalmar as pessoas. O talo da verdura tem lactucina, que é justamente a substância que funciona como calmante. As folhas de alface podem ser comidas nas saladas ou degustadas nos sucos e chás. Já para diminuir o cansaço e a ansiedade, a ingestão de peixes faz bem. O zinco e selênio, encontrados nesse tipo de carne, agem no cérebro para diminuir o cansaço e a ansiedade. Comer pelo menos dois ovos por semana também é saudável porque eles têm tiamina e a niacina, vitaminas do complexo B, ácido fólico e acetilcolina. A falta de ovos pode causar apatia, ansiedade e a perda de memória.

Além das frutas e verduras que podem ser ingeridas para combater a depressão e até outros males, estudiosos acreditam que hábitos alimentares também podem contribuir nessa cruzada. Quem realmente estiver disposto a ter hábitos saudáveis que ajudem na redução de sintomas e no auxílio do combate a depressão, pode passar a ter uma vida melhor. Para tanto, é bom reduzir a ingestão de açúcar de uma maneira geral e evitar a cafeína. Também se deve comer à vontade frutas e verduras. Os alimentos que têm baixo teor de gordura são mais saudáveis. Um estudo feito nos Estados Unidos, durante cinco anos, mostrou que homens e mulheres que tinham uma dieta de apenas 20% a 30% de calorias relacionadas à gordura, conseguiram reduzir o colesterol e a depressão. Outra dica é evitar os alimentos industrializados.

A depressão é uma doença que necessita sem dúvida de acompanhamento psiquiátrico e apoio psicológico como foi dito anteriormente. Entretanto, ter uma alimentação saudável proporciona que o organismo tenha nutrientes essenciais para uma vida com mais disposição e alegria. Não é fácil ter hábitos alimentares saudáveis para quem está acostumado com uma alimentação totalmente sem regras há anos. Mas com uma pitada de força de vontade e disciplina, a depressão e outro

 

 Fonte: A Gazeta – http://www.gazetadigital.com.br/

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here