Dicas de comportamento

0
112

A terapia cognitiva comportamental pode fazer parte de qualquer tratamento para obesidade, independente do uso de outras opções, como as medicações. Baseia-se em avaliar e adequar os seguintes aspectos: motivação do paciente para mudar hábitos e alcançar seus objetivos, desajustes do comportamento alimentar (exemplo: comer por ansiedade e não por fome), a eventual presença de transtornos do comportamento alimentar (exemplo: transtorno do comer compulsivo) e, o grau atual de atividades físicas realizadas diariamente pelo paciente.

Adote algumas técnicas de atitude

Procure distinguir entre fome e desejo.Resista aos desejos, não inclua-os em sua lista de compras ou tenha-os em sua casa. Não tenha sonhos impossíveis em relação ao peso, estabeleça objetivos mais realistas.Concentre-se em seu comportamento e não no peso.Não se pese com frequência, pois a redução do peso será uma consequência natural. Viva as emoções, positivas ou negativas, aos invés de descontá-las nos alimentos.Diferencie fome (uma necessidade biológica) da compulsão ou "gula".Quando pegar um alimento para comer, pergunte a si se você está com fome ou não.

Adote algumas técnicas de relacionamento 

Um parceiro, companheiro ou amigo poderá auxiliá-lo incentivando-o a realizar atividades físcas, acompanhando-o durante as compras e exercitando-se junto com você.Em caso de dificuldade em controlar o impulso, o parceiro pode fazer as compras.Converse com a família para que eles o apoiem e auxiliem no seu tratamento, evitando insistir no preparo de alimentos inadequados e não ridicularizando suas atitudes.Saiba dizer "não" a uma oferta de alimento que você julgue desnecessária ou inapropriada. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here