Dor pré-menstrual afeta até 72% das mulheres jovens; conheça as causas deste sintoma

0
1064

A dor pélvica pré-menstrual é chamada de dismenorréia. Sua incidência é de até 72% em mulheres com idade de 19 anos, com a necessidade de tratamento clínico em até 32%, acarretando 8% de perdas no trabalho ou escola.

A dismenorréia pode ser primária ou secudária. Neste último caso, o sintoma é conseqüência de alguma condição clínica. Algumas  teorias  tentam explicar a dismenorréia primária (sem uma causa aparente):

-Espasmo vascular:

O estreitamento das arteríolas que nutrem a camada muscular do útero, causariam falta de irrigação sangüínea e dor.

-Espasmo muscular:

A dor uterina seria originada por uma contração muscular exagerada.

-Psicogênica:

A dor representaria uma atitude negativa frente à menstruação.

-Prostaglandinas:

São substâncias que causam dor e que seriam produzidas excessivamente por algumas mulheres no período menstrual.

Por sua vez, a dismenorréia secundária pode apresentar várias causas, tais como: hímen imperfurado, estreitamento do colo do útero e outras anormalidades anatômicas uterinas, pólipo endometrial, mioma uterino, endometriose, tumores pélvicos, anexites (inflamação das trompas e/ou ovários), retroversão uterina acentuada e utilização de dispositivo intra-uterino (DIU).

Fonte:Projeto Diretrizes-AMB(2002).

www.portaldocoracao.com.br 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here