Exercícios físicos em portadores do HIV

0
130

Uma revisão que incluiu um total de 10 estudos, demonstrou que o exercício aeróbico (como caminhar, pedalar, correr ou nadar) ou uma combinação do exercício aeróbico com os exercícios resistidos (musculação), durante pelo menos 20 minutos, pelo menos três vezes por semana, por um período mínimo de quatro semanas, parecem ser muito seguros e benéficos para os portadores do HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana).

Nestes indivíduos, os exercícios podem levar a um aumento da aptidão cardiorrespiratória, bem como, reduzir os sintomas depressivos. Estas conclusões são limitadas aos participantes dos estudos que continuaram a realizar tais exercícios regularmente e, também, para aqueles quem foram adequadamente acompanhados ao longo do tempo.  

Estas conclusões são limitadas pelo pequeno número da amostra de indivíduos estudados, além das grandes taxas de afastamentos de tais indivíduos durante estes estudos. As evidências dos benefícios em idosos e mulheres são menos consistentes.Novas pesquisas são necessárias para determinar os melhores parâmetros de exercício aeróbio  (duração, frequência e intensidade) e a sua relação com estágio da doença que o indivíduo portador do HIV se encontra.

Fonte:Cochrane Reviews(2005).

www.portaldocoracao.com.br 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here