Mais de 10 mil mulheres morrem anualmente por câncer de mama, alerta o MS

0
129

Para garantir ações efetivas no controle do câncer de mama, o Ministério da Saúde (MS) vai contar, ainda este ano, com um banco de dados que permitirá traçar um mapeamento da doença no país. O Sistema de Informação do Controle do Câncer de Mama (Sismama), vai registrar e centralizar informações de todas as pacientes que realizarem mamografia no Sistema Único de Saúde (SUS).

O número de casos novos de câncer de mama esperados em 2009 é de 49.400, com um risco estimado de 50,71 casos para cada grupo de 100 mil mulheres. De acordo com os dados mais recentes ( ano de 2006) de mortalidade do Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, 10.950 mulheres morreram em 2006 em decorrência do câncer de mama.  

O banco de dados terá o nome e a idade da paciente, local de realização do exame (mamografia),  tempo de espera (pela mamografia) e estádio do tumor (se é um tumor incial ou  mais avançado). Dessa forma, os profissionais da área da saúde terão dados precisos  sobre a incidência, indicações dos procedimentos de diagnóstico inicial e de rastreamento, além de indicadores sobre necessidade de auditorias e de capacitações locais.

O Instituto Nacional de Combate ao Câncer (INCA) já realizou o treinamento dos profissionais dos 27 estados para o uso do sistema. Para garantir o funcionamento da ferramenta, o repasse do pagamento dos exames aos prestadores de serviço pelo SUS será condicionado à atualização de dados do sistema. Hoje, estão em operação no SUS 1.246 mamógrafos, que realizaram em 2008 um total de 2.946.328 exames.

Fonte:INCA(2009).  

www.portaldocoracao.com.br  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here