O apoio de um enfermeiro é efetivo na manutenção do peso, diz estudo

0
228

Um estudo comparou dois programas de apoio para a manutenção do peso em mulheres que haviam emagrecido. O primeiro programa, mais simples e barato, utilizava apenas as orientações periódicas de um enfermeiro, e o segundo, mais complexo e caro, envolvia a participação de especialistas na área de nutrição e educação física.

Os autores do estudo concluíram que não havia diferença no resultado comparativo entre os dois programas.

Voltar a ganhar peso é um fato comum entre as pessoas que emagreceram. Os autores deste estudo avaliaram cerca de 200 mulheres que haviam eliminado 5% ou mais do seu peso corporal, e que foram encaminhadas aleatoriamente a um dos dois programas citados acima.

A dieta de manutenção do peso, em ambos os programas, poderia ser baseada na ingestão de alto teor de carboidratos ou alto teor de gorduras monoinsaturadas.

No total, 174 (87%) participantes foram acompanhadas por um período de 2 anos. A média de perda de peso (cerca de 3 kg) foi semelhante nos dois programas de apoio. O mesmo fato aconteceu quando eram comparados os dois tipos de dietas.

Os níveis de colesterol total e LDL-colesterol (“colesterol ruim”) foram significativamente maiores entre aquelas mulheres submetidas à uma dieta com alto teor de gorduras monoinsaturadas.

Os autores do estudo concluíram que um programa, relativamente simples e barato, envolvendo o apoio de um enfermeiro, é tão eficaz quanto um programa mais complexo e caro, quando o objetivo é a manutenção do peso após o emagrecimento.

Fonte: CMAJ.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here