Mitos e verdades sobre o período gestacional

0
148

Esclareça algumas dúvidas.

CAFEÍNA

Nenhum estudo provou se a cafeína pode causar algum problema durante a gravidez. Por ela ser estimulante, ela pode atravessar a placenta e entrar no sangue do bebê deixando-o agitado. Também pode interferir na absorção de ferro, e em muitas gestantes, podem provocar náuseas e azia. Por esta razão, é aconselhável limitar a ingestão de café, chás, chocolate e refrigerantes (colas) para 2 copos/dia.

ÁLCOOL

Em excesso, está relacionado com deficiências mentais, retardo no crescimento e anormalidades comportamentais no bebê. Por isso, a gestante deve evitar o álcool completamente.

DESEJOS E AVERSÕES ALIMENTARES

Seu desejo por certos alimentos pode aumentar durante a gravidez. Porém, deve-se ingerir a quantidade recomendada para garantir o aumento de peso dentro do esperado. As aversões também são comuns. Se não pode tolerar certos alimentos nutritivos, tente substituir por outros do mesmo grupo.

DIETAS VEGETARIANAS

Existem dois tipos de dieta vegetariana. Uma é ovo – lacto vegetariana inclui ovos, leite e outros produtos de laticínio. Se bem planejada, ela alcança as necessidades nutricionais da gestação. É importante incluir uma variedade de nozes, feijões, ervilhas e outros legumes, grãos integrais, frutas e hortaliças.A outra opção seria a dieta vegetariana totalmente restritiva a produtos de origem animal, a qual há a falta de vitamina B12. Recomenda-se então, um suplemento desta vitamina durante a gravidez. Escolha alimentos ricos em ferro, cálcio e proteínas, para alcançar as necessidades durante a gestação.

SUBSTITUTOS DO AÇÚCAR

Não existe razão comprovada para que a mulher grávida evite alimentos com adoçantes. Em casos que a futura mamãe possua a doença hereditária chamada fenilcetonúria, deve se evitar o uso do aspartame e optar por outros adoçantes. Porém em geral o mais recomendado é evitar o uso dos substitutos do açúcar até que se complete o 1º o trimestre de gestação

INTOLERÂNCIA À LACTOSE

O leite e seus derivados são as principais fontes de cálcio numa alimentação. Porém, muitas pessoas têm dificuldade em digerir a lactose, que é um açúcar encontrado no leite. Estas devem consumir os laticínios mais freqüentemente em pequenas quantidades, ingerir leite e derivados juntamente com outros alimentos, escolha alimentos que contenham menos lactose como queijos maturados, queijos pobres em gordura e sorvetes. Hoje em dia existe a disponibilidade de leites com baixo teor de lactose – uma ótima opção para o consumo nestas circunstancias. 

Ana Flávia Pinheiro – Nutricionista – CRN  1004.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here