Mudança no estilo de vida previne câncer de mama, diz estudo

0
77

Um estudo realizado por um grupo de pesquisadores do Reino Unido, da Cancer Research, mostrou que um em cada dez casos de câncer de mama poderia ser evitado até 2024, caso as mulheres mudassem suas rotinas. Atitudes simples foram apontadas como essenciais, como praticar exercícios físicos, reduzir o consumo de tabaco e bebidas alcoólicas e tomar cuidado ao realizar terapias hormonais.

O especialista em Oncologia Clínica, Hélio Pinczowski, membro da Sociedade Brasileira de Cancerologia, confirma os resultados do estudo. “Eu acredito que esse tipo de estudo é muito relevante porque alerta que é possível prevenir doenças consideradas sérias com simples mudanças no dia-a-dia, que nada mais é do que prezar pela qualidade de vida”, explia.

Porém, o médico alerta que tais atitudes não surtem efeitos positivos em casos de mulheres que já desenvolveram o câncer. “Uma vez detectada a doença você já tem outros objetivos voltados agora para o tratamento. Aí entra a questão cirúrgica, para retirada do tumor e o controle da doença”.

Apesar dos resultados apontarem novas medidas para prevenir o câncer de mama, o exame de toque ainda é o método mais simples para um diagnóstico antecipado.

Pinczowski, que é professor da Faculdade de Medicina ABC, diz que embora pareça o exame mais simples e eficaz, ele é bastante variável, porque nem sempre as mulheres se tocam da forma adequada. “Isso torna o método passível de falha. Sendo assim, em caso de suspeitas o mais aconselhável é procurar um médico para que sejam feitos exames clínicos mais detalhados”, afirma o médico.

Atualmente, o câncer de mama é o tumor maligno que atinge com mais freqüência as mulheres brasileiras e é responsável por 16% das mortes por doenças cancerígenas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here