Nova droga poderá diminuir as placas de gordura no coração

0
588

Uma nova droga poderá reduzir o tamanho das placas de ateroma nas artérias do coração, chamadas de coronárias. Essa é a constatação de um estudo experimental realizado por pesquisadores da Universidade de Aberdeen, na Escócia.

A aterosclerose caracteriza-se pela formação de placas de gordura, chamadas de ateromas, que progressivamente obstruem as artérias do corpo humano. A aterosclerose é a principal causa do infarto do miocárdio (ataque cardíaco).

Os pesquisadores escoceses estudaram camundongos portadores de aterosclerose nas artérias do coração. Os animais receberam uma droga chamada trodusquemine ou tratamento padrão.

O volume da placa aterosclerótica foi medido antes e após o tratamento com a droga. A placa regrediu significativamente após a dose inicial de trodusquemine, um inibidor da proteína tirosina fosfatase 1B.

Essa droga também está sendo avaliada para o tratamento do câncer e diabete melito. Futuramente os pesquisadores pretendem investigar a ação dessa droga em humanos.

Regressão da aterosclerose

As estatinas (drogas redutoras de colesterol mais usadas em todo o mundo) e os inibidores da PCSK9 (um novo grupo de medicamentos redutores de colesterol) demonstraram que são capazes de promover a regressão do processo de aterosclerose.

Além disso, esses medicamentos são capazes de diminuir o risco de morte e complicações cardiovasculares, como o infarto do miocárdio, internação por angina do peito ou acidente vascular cerebral.

Fonte: Medpagetoday.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here