Nutricionista explica como congelar corretamente os alimentos

0
60

Congelamento de carnes:

Antes de ir ao freezer, a carne deve estar limpa, com pouca ou nenhuma gordura, e embalada em potes plásticos fechados hermeticamente ou     filme plástico. Os     pacotes devem conter a   quantidade necessária por refeição,    porém bifes e costeletas devem,    além disso, ser embalados   um a um para que o congelamento seja rápido e não altere a consistência e a integridade do produto. As carnes para assados podem   ser  embaladas inteiras. O descongelamento pode ser feito passando a carne para a geladeira cinco horas antes do uso para cada meio quilo, duas horas em temperatura ambiente ou no seu forno micro-ondas na função descongelar.  

Congelamento de frutas:

Limpe, lave e seque bem as frutas. Depois, espalhe-as sobre uma bandeja e leve ao congelador, deixando até que fiquem bem rígidas. Com exceção da banana , todas as frutas podem ser congeladas, inteiras ou em pedaços, em forma de purê ou suco, devendo-se  descascar e retirar os caroços . As cascas e os caroços podem dificultar o congelamento (formação de barreira) de algumas frutas, como é o caso da kiwi, manga, tangerina, goiaba e o abacate.  Porém algumas frutas podem ser congeladas com casca, como é o caso da ameixa, caju, uva e jabuticaba. Lembre-se: frutas congeladas ao natural conservam-se no freezer por 3 a 6 meses;  em calda ou com açúcar, por 8 a 12 meses.

Congelamento de legumes:

Lave bem os legumes em água  fria e só use aqueles que não estão maduros demais para congelar. Alguns necessitam a retirada de pontas ou fios. Os legumes devem ser picados em pedaços iguais e colocados numa peneira.Mergulhe-os rapidamente em água fervente. Deixe esfriar. Escorra muito bem e embale-os em saquinhos plásticos ou em potes fechados hermeticamente, na quantidade de uma refeição. Para consumir legumes congelados não é necessário descongelamento, basta colocá-los numa panela com água e sal e tampar até que fiquem bem cozidos.

Dra. Ana Flávia Pinheiro- Nutricionista CRN 1104.

Texto revisado por Nícia Padilha. 

www.portaldocoracao.com.br   

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here