Obesos gastam 42% mais em saúde do que indivíduos com peso normal, diz estudo

0
140

Além de ser um problema de saúde que cresce de forma progressiva, a obesidade acarreta também um aumento significativo dos gastos na área da saúde. Um recente estudo americano demonstrou que os gastos em saúde com indivíduos obesos, são em média, 1.429  dólares acima do valor dos gastos com seus homólogos de peso normal. Esta cifra implica em um gasto adicional de 42%.

Os investigadores calcularam que os custos do tratamento de indivíduos obesos, em 2008, pagos pelo Medicare, Medicaid, e pelas seguradoras privadas, subiram para 147 bilhões de dólares. Os pesquisadores da RTI International (Research Triangle Park, NC) e do Centro para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC), apresentaram os resultados deste levantamento  em   uma conferência sobre obesidade na cidade de Washington (Estados Unidos).

O estudo comparou os custos de atendimento hospitalar, ambulatorial e com medicamentos prescritos para indivíduos obesos (índice de massa corporal superior a 30 kg/m2), com os custos alocados para os indivíduos de peso normal (índice de massa corporal entre 18,5 e 25 kg / m2).

De 1998 até 2006, a prevalência de obesidade aumentou em 37%, e as despesas médicas dos indivíduos obesos aumentaram para 9,1% do total gasto com despesas médicas nos Estados Unidos. Entretanto, as despesas médicas atribuídas à obesidade aumentaram  em 45% para os  cuidados hospitalares, e em até 27% para o atendimento ambulatorial.

Sem uma forte e sustentada redução da prevalência da obesidade, esta doença vai continuar a impor custos crescentes para o sistema de saúde, observam os autores do estudo. Reformas que reduzam a prevalência da obesidade e dos fatores de risco associados, incluindo a uma alimentação inadequada e o sedentarismo, são necessários, finalizam os pesquisadores.

Fonte: Health Affairs(2009).

www.portaldocoracao.com.br

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here