Por quê é difícil dizer adeus?

0
69

Por que há pessoas com muita dificuldade de se livrar do luto? Novas pesquisas revelam que o centro cerebral do prazer pode ser o culpado. Muitos indivíduos, ao se confrontarem com a morte de alguém querido, vivem um sofrimento intenso por semanas a meses e gradualmente o superam. Um pequeno percentual, contudo, se torna debilitado pela perda e não consegue reiniciar a vida normal, num quadro de luto patológico. A ressonância magnética funcional , demonstra que o luto ativa regiões cerebrais associadas ao processamento da dor. Todavia, nenhum estudo mostrou ainda o que acontece no cérebro durante o luto patológico.

A revista Science Now Daily News traz um estudo com mulheres que perderam a mãe ou uma irmã vítima de câncer de mama nos últimos 5 anos. As mulheres foram divididas em grupos com e sem luto patológico. Para cada grupo, foram mostradas 60 imagens que continham uma foto de um estranho ou do ente falecido com uma palavra relacionada ao sofrimento (ex, câncer) ou uma palavra neutra. RMf revelou intensa atividade nas áreas de processamento da dor quando as mulheres viam as fotos do parente falecido ou palavras relacionadas ao sofrimento.

Em mulheres com luto patológico, observou-se atividade no núcleo accumbens, região cerebral ligada ao prazer e recompensa, o que pode indicar uma falta de ajustamento para a perda da pessoa amada. Este estudo abre caminho para explorar e melhorar o tratamento do luto patológico, talvez por meio de drogas que atinjam o núcleo accumbens. Ainda é necessária uma pesquisa experimental para investigar os mecanismos pouco compreendidos do luto.

Fonte: Science Now Daily News ( 2008 ) – www.bibliomed.com.br

www.portaldocoracao.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here