Qual a melhor forma de temperar saladas?

0
244

As saladas são fundamentais quando o objetivo é reduzir peso, controlar o apetite, melhorar o funcionamento intestinal e prevenir doenças, como o diabete melito, colesterol alto, hipertensão arterial e cardiopatias.

Preceder o consumo dos pratos principais alimentando-se de uma salada é muito saudável, porém, é importante estar atento em relação a forma de temperar as saladas para que os seus benefícios nutricionais não sejam comprometidos.

O melhor é utilizar temperos como o limão, alho, cheiro verde, salsinha, cebolinha, pimenta, ervas finas, vinagre, entre outros temperos naturais. Para controlar as calorias, não devemos adicionar gorduras através de molhos à base de maionese ou óleos, pois estes são altamente calóricos. Ótimas opções são: molhos à base de iogurte, vinagrete sem gordura e shoyo diluído em água com ervas finas ou temperos desidratados.

O azeite de oliva, uma gordura monoinsaturada benéfica para saúde, deve ser utilizado, no entanto,  o seu uso excessivo aumenta muita as calorias do prato, fato que merece atenção principalmente entre as pessoas que procuram o emagrecimento. Recomenda-se uma colher de sopa.

O sal light também é uma boa escolha, principalmente para os hipertensos e para quem naturalmente retém muito líquido no organismo. Ele é um produto que apresenta uma proporção menor  de sódio em sua formulação, sendo  encontrado facilmente nos supermercados.

Ser criativo, utilizando  frutas e grãos nas saladas, ajudam a incrementar o sabor e o poder nutricional das mesmas. O clima frio não deve ser uma desculpa para se deixar de consumir as saladas. Utilizar os vegetais cozidos no vapor pode ser uma boa opção para espantar o frio e manter toda a contribuição deste grupo de alimentos.

Autora: Ana Flávia Pinheiro – Nutricionista CRN 1004.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here