Refrigerantes dietéticos inibem a formação de pedras nos rins, diz estudo

0
219

Uma nova pesquisa da Universidade da Califórnia (San Francisco, Estados Unidos) sugere que os pacientes que sofrem de litíase renal, doença caracterizada pela formação de cálculos (pedras) nos rins, poderiam se beneficiar  da ingestão frequente dos refrigerantes dietéticos.

Isso ocorre porque o conteúdo de citrato e malato nestas bebidas poderia ser o suficiente para inibir o desenvolvimento de pedras nos rins à base de cálcio, pois estas substâncias tornam a urina mais alcalina.O aumento da alcalinidade  urinária é um fator envolvido na formação das pedras de cálcio. Os investigadores mediram o conteúdo de citrato e malato de 15  refrigerantes dietéticos populares nos Estados Unidos.

“Este estudo sugere que os pacientes com cálculos renais recorrentes deveriam substituir as suas garrafas de água por latas de refrigerante dietético”, disse o urologista Anthony Y. Smith. “Este estudo sugere que os pacientes portadores de litíase renal poderiam se beneficiar com um consumo moderado destas bebidas”, concluiu o Dr. Smith.

Fonte: The Journal of Urology.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here