Risco de insuficiência cardíaca é proporcional ao índice de massa corporal

0
250

O aumento de um ponto no índice de massa corporal (IMC) acarreta  um aumento de 11%  no risco de desenvolvimento de insuficiência cardíaca. O IMC é calculado dividindo-se o peso pela altura ao quadrado.

A insuficiência cardíaca, também conhecida como insuficiência cardíaca congestiva, é uma condição grave na qual a quantidade de sangue que o coração é capaz de bombear a cada minuto (débito cardíaco) é insuficiente para suprir as necessidades de oxigênio e  nutrientes de todo organismo.

Pesquisadores do Brigham and Womens Hospital (Boston, Estados Unidos) analisaram informações de 21.000 homens acompanhados por um período de 20 anos. O risco de insuficiência cardíaca aumentou proporcionalmente à elevação do IMC. Segundo o Dr. Satish Kenchaiah, autor principal do estudo, mesmo nos pacientes com sobrepeso (IMC entre 25 e 29,9 kg/m2), houve um aumento desse risco.

Em pacientes obesos o risco era significativamente maior (cerca de 4 vezes mais) no grupo dos ”obesos sedentários”, quando comparados ao grupo dos “obesos ativos.” Além do sedentarismo, a presença de diabete melito era outro fator que potencializava o risco.

Fonte: Circulation.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here