Artigos sendo lidos neste momento !

Artigos do PC

Afinal de contas, o café faz bem ou mal para o coração?
Nutrição

Afinal de contas, o café faz bem ou mal para o coração? 

Benefícios do café

O café contém cafeína, um estimulante capaz de melhorar seu humor, concentração, desempenho físico, e até ajudar na perda de peso.

É uma excelente fonte de compostos fenólicos, substâncias antioxidantes capazes de combater radicais livres e proteger as células do nosso organismo.

Estudos sugerem que a bebida possa ajudar na prevenção do diabetes, mal de Parkinson e doença de Alzheimer, além de diminuir o risco de morte por doenças cardíacas, neurológicas e suicídio.

O café e o coração

O café pode aumentar transitoriamente a pressão arterial, no entanto, esse efeito não costuma ser relevante quando sua ingestão não é excessiva.

O café não coado pode aumentar os níveis de LDL colesterol (low density lipoprotein ou lipoproteína de baixa densidade), conhecido como “colesterol ruim”, que é responsável pela formação de placas de gorduras nas artérias, chamadas de ateromas.

Pessoas mais sensíveis à cafeina podem apresentar arritmias, palpitações (percepção anormal dos batimentos cardíacos), nervosismo e insônia, mesmo quando ingerem pequenas quantias de café.

Estudos sugerem que a bebida possa diminuir o risco de ataques cardíacos, principalmente em mulheres.

Importante

A maioria dos estudos foram realizados avaliando 3 a 5 xícaras de café ao dia (250 até 400 mg de cafeína). Portanto, essa parece ser uma quantidade segura e saudável da bebida. Quantidades superiores a essas podem não ser seguras para alguns pacientes.

Pessoas sensíveis à cafeina podem ter que evitar o café, mesmo em quantidades menores.

A adição de grandes quantidades de açúcar ou creme, por exemplo, mudam as características nutricionais da bebida, podendo acarretar malefícios à saúde.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr. CRM/PR 13700 – Cardiologista de Curitiba.

Nutrição

Afinal de contas, o café faz bem ou mal para o coração?

Artigos relacionados