Artigos sendo lidos neste momento !

Artigos do PC

Por que os portadores de esteatose hepática têm maior risco cardiovascular?
Cardiologia Preventiva

Por que os portadores de esteatose hepática têm maior risco cardiovascular? 

A esteatose hepática (EH), também chamada de doença hepática gordurosa não alcoólica, é caraterizada por acúmulo anormal de gordura no fígado.

Essa doença afeta cerca de 25% dos adultos, não costuma causar sintomas, e geralmente é diagnosticada por meio de exames de imagem, como a ultrassonografia ou tomografia do abdômen.

A EH associa-se à hipertensão arterial, elevação dos níveis de glicemia e anormalidades do colesterol (aumento dos triglicerídeos, redução do HDL [colesterol bom] e, partículas pequenas de LDL [colesterol ruim], as quais facilitam a formação de placas de gordura na parede das artérias, chamadas de ateromas).

O resultado dessas alterações é um risco aumentado de doenças cardiovasculares entre os portadores de EH. Além disso, a presença de EH parece conferir um risco cardiovascular aumentado de forma independente desses fatores mencionados acima.

Melhorar a alimentação, praticar exercícios, perder peso e reduzir ou evitar as bebidas alcoólicas são medidas altamente recomendáveis. Perder 5 a 10% do peso pode estacionar ou reverter a EH. Medicamentos do grupo dos inibidores da GLP1 (Ozempic, Saxenda) podem regredir a EH, diminuir os níveis de glicemia, reduzir o peso e também risco de eventos cardiovasculares. Novos medicamentos para o tratamento da EH estão sendo pesquisados.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr. CRM/PR 13700 – Cardiologista em Curitiba.

Artigos relacionados