A tomografia das artérias do coração substitui o exame de cateterismo?

0
162

O cateterismo cardíaco consiste em introduzir um cateter até o coração , através de uma artéria periférica , localizada nos membros superiores ou na região da virilha .

Este cateter é posicionado nas artérias coronárias e no ventrículo esquerdo, para a realização de injeções de contraste (cineangiocoronariografia e ventriculografia), que permitirão observar a presença de placas de gordura ( ateromas ) nas artérias ou outras anormalidades que estas possam apresentar.

A angiotomografia das artérias coronárias ( tomografia das artérias do coração), é uma modalidade de tomografia computadorizada que utiliza inúmeros detectores de imagens (32 , 64 ou  mais), permitindo a visualização das artérias do coração.

A angiotomografia ainda não está indicada para substituir o cateterismo cardíaco e  cineangiocoronariografia no diagnóstico da doença arterial coronariana ( presença de placas de gordura na parede das artérias coronárias ).

A angiotomografia coronária ainda apresenta algumas dificuldades em quantificar estas placas de ateroma , podendo também sugerir a presença destas quando não existem. Por um outro lado , quando uma angiotomografia não demosntra nenhuma presença de placas de ateroma , o quadro clínico passa a ser bastante tranqüilizador , pois o exame é muito útil para afastar essa condição.

Uma limitação das imagens obtidas através da angiotomografia coronária , é o fato de que o coração é uma estrutura dinâmica , que se movimenta durante o exame. Este exame ainda usa uma quantidade significativa de contraste , aspecto que deve ser levado em conta nos pacientes com história de alergias à contraste ou lesão renal . Anomalias congênitas e inflamações das artérias ( vasculites ) , podem ser bem visualizadas pela angiotomografia coronária. Outras

Indicações da angiotomografia coronária:

– Avaliação de artérias coronárias anômalas ( mal formação congênita ) .

– Avaliação de obstruções nas artérias coronárias em pacientes com probabilidade intermediária de doença arterial coronariana ( avaliada pelo escore de Framingham ) e testes de isquemia ( teste de esforço ou cintilografia miocárdica, por exemplo ) duvidosos ou conflitantes .

– Avaliação de obstruções nas artérias coronárias em pacientes com baixa probabilidade de doença arterial coronariana (avaliada pelo escore de Framingham)  e testes de isquemia ( teste de esforço ou cintilografia miocárdica, por exemplo ) positivos.

– Avaliação da patência de enxertos cirúrgicos (funcionamento de pontes de safena ou mamárias ).

– Como uma opção à angiografia invasiva (cateterismo cardíaco e cineangiocoronariografia) na diferenciação de cardiomiopatias isquêmicas versus não-isquêmicas , ou seja , originadas ou não por placas de gordura na parede das artérias .

– Como opção à angiografia invasiva (cateterismo cardíaco e cineangiocoronariografia), no seguimento de pacientes com doença de Kawasaki (inflamação das artérias do coração).

www.portaldocoracao.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here