Cerca de 10% dos adultos de meia idade sofreram derrames

0
56

Esse é o resultado do Framingham Offsprings Study. Os achados foram oriundos da análise de exames de ressonância magnética do cérebro , de  pessoas de meia idade . Cerca de 10% desses indivíduos, aparentemente saudáveis , havia sofrido um  derrame cerebral silencioso. Os autores observaram que a presença de hipertensão arterial , espessamento da íntima ( camada interna ) das artérias carótidas , placas de gordura nas carótidas e a presença de uma arritmia cardíaca , chamada de fibrilação atrial , eram fatores de risco paraos derrames cerebrais silenciosos , ou seja , que passaram  clinicamente desparecebidos.

O achado do estudo  é muito importante , pois derrames cerebrais silenciosos apontam para um risco futuro maior de um derrame cerebral com seqüelas e, desenvolvimento da demência vascular ( perda da memória e concentração com o passar da idade ). Ambas as condições afetam intensamente a qualidade de vida das pessoas. Pacientes portadores de derrame cerebrais silenciosos , devem ser tratados com rigor , em relação os fatores de risco para as doenças cardiovasculares , como a hipertensão arterial , colesterol elevado ou o tabagismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here