Cessação do tabagismo – a visão dos médicos e dos fumantes

0
310

A visão dos médicos

– 87% dos médicos clínicos gerais consideram que ajudar os pacientes a parar de fumar é uma obrigação de sua profissão;

– Aproximadamente 40% dos tabagistas tentaram parar de fumar uma vez após serem orientados por seus clínicos gerais, dizem pesquisas médicas;

– 81%  dos médicos concordam que fumar é uma doença crônica, podendo haver recorrência do vício;

– 71% dos médicos concordam que o tabagismo deve ser classificado como um sério problema de saúde;

– 92% dos médicos acreditam que o sucesso de uma tentativa de parar de fumar depende primordialmente de quanta força de vontade o fumante tem;

– 81% dos médicos acreditam que uma medicação mais efetiva poderia ajudar os seus pacientes a parar de fumar*.

*As terapias de primeira linha disponíveis para o combate ao tabagismo são as seguintes: terapia de reposição com nicotina (adesivos e gomas), Bupropiona (antidepressivo, conhecido como comercialmente como Zyban ou Wellbutrin), e a Vareneclina (conhecida comercialmente como Champix).

Fonte: Estudo STOP.

A visão dos fumantes

– 57% dos fumantes dizem que parar de fumar foi a coisa mais difícil que eles já tiveram que fazer;

– 82% dos fumantes concordam que fumar é um vício físico e psicológico*;

*O uso da nicotina preenche os critérios de dependência química.Esta substância psicoativa atinge o cérebro em cerca de 6 segundo após uma única tragada.

– Somente 5% dos fumantes que tentaram parar de fumar usando apenas sua força de vontade, continuam longe dos cigarros após um ano**;

** São candidatos potenciais ao uso de medicamentos para a cessação do tabagismo: tabagistas que fracassaram em tentativas anteriores de parar de fumar, fumantes que acendem o primeiro cigarro na primeira meia hora do dia, e os tabagistas que fumam 20 ou mais cigarros por dia.

– 56% dos fumantes dizem que o apoio de seus médicos teria um impacto positivo em suas possibilidades de parar de fumar;

– 51% dos fumantes acreditam que uma medicação mais efetiva poderia ajudá-los a parar de fumar.

Fonte: Estudo SUPPORT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here