Diabete melito tipo 2: Estudo compara os benefícios de dois suplementos alimentares

0
94

O aumento da prevalência do diabete melito do tipo 2, na população, é um grave problema de saúde pública. A substituição de carboidratos de rápida absorção, por outras fontes alimentares compostas de ácidos graxos (gorduras) monoinsaturados, pode melhorar o controle glicêmico (taxas de açúcar no sangue) nos diabéticos.

Esta estratégia de tratamento da doença tem se tornado cada vez mais popular entre os seus portadores.  Um estudo comparou a resposta glicêmica (elevação das taxas de açúcar no sangue) e a segurança de dois suplementos nutricionais comumente usados pelos diabéticos do tipo 2: Glucerna SR e o Fresubin.

Um total de 203 diabéticos da China foram alocados para ingerir o suplemento Glucerna SR ou o Fresubin. O resultado principal da avaliação foi o de mensurar os níveis de glicemia no sangue antes da ingestão dos suplementos e até a quarta hora após (240 minutos).

Amostras de sangue foram colhidas antes da ingestão, e a 30, 60, 90, 120, 180, e 240 minutos após, para medir os níveis de glicemia e os de insulina (hormônio que permite a entrada do açúcar dentro nas células).

A redução dos níveis de glicemia no grupo de diabéticos que utilizou o Glucerna SR (grupo Glucerna SR) foi significativamente maior do  que no grupo de diabéticos que usou o Fresubin (grupo Fresubin). Os diabéticos do grupo do Glucerna SR também tiveram um pico de insulina no sangue, menor do que os diabéticos do grupo Fresubin. Os pacientes do grupo Glucerna SR, ainda tiveram elevações mais graduais dos níveis de glicemia e de insulina no sangue.

Os autores do estudo concluem que o suplemento alimentar Glucerna SR proporcionou um controle melhor, dos níveis pós-prandiais (pós-refeição) da glicemia e dos níveis de insulina em diabéticos do tipo 2, oriundos da China.

Fonte: Endocrine (2008).

Texto revisado por Nicia Padilha.

www.portaldocoracao.com.br  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here