Apnéia do sono: Ronco e obstrução nasal são as queixas mais comuns em crianças e adolescentes, diz estudo

0
92

A apnéia obstrutiva do sono, melhor chamada de síndrome (conjunto de sinais e sintomas) da apnéia obstrutiva do sono (SAOS), é uma doença caracterizada por um estreitamento recorrente, completo ou parcial, das vias aéreas respiratórias superiores, durante o período do sono. 

Nos adultos, o resultando deste processo são períodos de apnéia (falta total da respiração),queda dos níveis de oxigênio no sangue, despertares freqüentes e, como conseqüencia, cansaço e sonolência durante o dia.

Um estudo teve como objetivo investigar os sintomas mais freqüentes encontrados em crianças com diagnóstico polissonográfico de SAOS. Foram avaliadas 38 crianças encaminhadas ao laboratório do sono com suspeita de SAOS no período de junho de 2003 a dezembro de 2004.

Os pacientes foram submetidos a um questionário pré-sono e a polissonografia. A idade média foi de 7,8 anos,sendo que 50% das crianças eram do sexo masculino.Observou-se maior freqüência de casos severos de apnéia entre crianças menores de seis anos (idade pré-escolar).

Dentre as crianças com SAOS, os sintomas mais citados foram ronco e obstrução nasal, presentes em 74,3 e 72,7% das crianças, respectivamente. Sonolência excessiva e bruxismo ocorreram em, respectivamente, 29,4 e 34,3% dos casos.Agitação das  pernas e dificuldade para iniciar o sono foram encontradas em, respectivamente, 65 e 33% dos avaliados.

Todas as crianças que apresentaram SAOS de grau severo tinham queixa de ronco e bruxismo.Os autores do estudo concluem que os sintomas mais freqüentes em crianças e adolescentes com SAOS são o ronco e obstrução nasal. Além disso, quadros mais graves da SAOS estão associados à menor faixa etária.

Fonte: J Bras Pneumol(2008).

www.portaldocoracao.com.br  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here