Aumento de peso da mulher após a menopausa

0
101

Durante esse período da vida , o nível do hormônio estrógeno diminui, fazendo com que o metabolismo da mulher fique mais lento e, conseqüentemente, facilitando o acúmulo de gorduras.A menopausa jamais deve ser considerada uma doença, ela é um estágio da vida da mulher onde ocorrem diversas transformações e pode ser considerada como um estado de transição, onde o corpo feminino começa a se preparar para o envelhecimento.

Durante a puberdade, o corpo da mulher é comandado basicamente pelo estrógeno, um hormônio que dita a maior parte das transformações do organismo nesta fase da vida. O estrógeno modifica a silhueta da menina, arredonda os quadris, afina a cintura e faz com que os seios despontem. Com o passar dos anos, a taxa de produção do estrógeno cai e as funções que ele exerce acabam ficando prejudicadas. As maiores dificuldades sentidas com a menopausa são as variações de sensação de calor e frio, a osteoporose, a menor lubrificação do tecido vaginal e o aumento de peso.

Com o nível do estrógeno baixando, o metabolismo também diminui e, com isso, os depósitos de gordura no organismo aumentam. Sem o hormônio agindo sobre o corpo, as distribuições de gordura se tornam desordenadas, modificando o aspecto físico. As características mais comuns da menopausa são o aumento da medida da cintura e do abdome e do volume dos seios. O tecido magro (aquele desprovido de células que armazenam gordura), a massa muscular, a água e a massa óssea diminuem com a chegada da terceira idade, porém isso não é motivo para esperar o tempo passar.

A maioria das mudanças no organismo da mulher durante a menopausa pode ser controlada seguindo uma dieta balanceada e a prática regular de exercícios físicos. A alimentação é o primeiro ponto que merece atenção especial. Comidas gordurosas e pesadas devem ceder lugar a saladas, pratos leves e muita água. As bebidas alcoólicas devem ser restringidas e a ingestão de açúcar controlada.

Os exercícios também devem seguir uma cadência que favoreça o bem estar e a saúde da mulher. Nada de exageros e de exigir demais do seu corpo. Na terceira idade a mulher pode se exercitar normalmente, mas sempre é bom lembrar que o acompanhamento de um profissional capacitado e de um médico é fundamental.

Fonte: unimed

www.portaldocoracao.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here