Cirurgiões ilustres: Dr. Euryclides Jesus Zerbini

0
340

Euryclides de Jesus Zerbini (Guaratinguetá, São Paulo, 10 de maio de 1912 / São Paulo, 23 de outubro de 1993) foi um médico brasileiro. Tornou-se internacionalmente conhecido por ter realizado o primeiro transplante de coração no Brasil. Formou-se médico em 1935, especialista em cirurgia geral. Ao realizar o primeiro transplante brasileiro de coração, o Dr. Zerbini e sua equipe , tornaram-se reconhecidos em todo o país e no exterior.

Professor da Universidade de São Paulo, criou o Centro de Ensino de Cirurgia Cardíaca, semente do futuro Instituto do Coração. No dia 25 de maio de 1968, tornou-se o primeiro médico brasileiro a realizar um transplante de coração, seis meses após o transplante pioneiro, realizado em dezembro de 1967 pelo cirurgião sul-africano Christian Barnard.

Na noite desse dia, no centro cirúrgico do Hospital das Clínicas de São Paulo, ele transplantou o coração de Luis Ferreira de Barros, morto por atropelamento, para o peito do lavrador João Ferreira de Cunha, conhecido como João Boiadeiro. João viveria apenas 28 dias com seu novo coração  e, Zerbini, realizaria mais dois transplantes ainda nos anos 60. Um dos transplantados, o empresário Ugo Orlandi, viveu 15 meses após a cirurgia. Em 1985, aos 73 anos de idade , o Dr. Zerbini voltou aos transplantes cardíacos, já na fase dos medicamentos anti-rejeição, e novamente foi pioneiro , ao realizar no dia 3 de junho daquele ano, o primeiro transplante de coração num paciente portador do mal de Chagas, Manoel Amorim da Silva.

Em 58 anos de carreira, o Dr. Zerbini recebeu 125 títulos  e inúmeras homenagens de governos de todo o mundo. Participou de 314 congressos médicos. Realizou, pessoalmente ou através de sua equipe, mais de quarenta mil cirurgias cardíacas, trabalhando incessantemente até poucos meses antes de morrer. Ele costumava dizer que morreria operando  e, quase cumpriu essa profecia. Faleceu de câncer, aos 81 anos, no próprio hospital que criou, inaugurou e dirigiu : o Instituto do Coração (INCOR) de São Paulo.

Em 1988, foi objeto de uma biografia, escrita pelo jornalista Celso Arnaldo Araujo e intitulada “Dr. Zerbini – O Operário do Coração”, na qual é descrita toda a sua trajetória profissional e a própria história da cirurgia cardíaca brasileira, que teve em Zerbini seu fio condutor.

Fonte: pt.wikipedia.org

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here