Lichia é uma fruta que pode auxiliar na redução da gordura abdominal, diz estudo

0
126

A lichia é uma fruta pouco conhecida pelos brasileiros. O cultivo no Brasil iniciou-se há pouco tempo, sendo antes encontrada apenas como um produto importado da China, Tailândia, Índia e Estados Unidos. Ela possui uma casca grossa e avermelhada e um sabor adocicado. O seu conteúdo nutricional é excelente, possui poucas calorias, muita água e é rica em antioxidantes.Um recente estudo demonstrou que a lichia é capaz de reduzir a gordura abdominal.

Um estudo publicado no Journal of Functional Foods, mostra que o extrato de lichia pode reduzir a gordura abdominal em pessoas com síndrome metabólica. Os pesquisadores recrutaram 18 voluntários adultos, com idades entre 24-59, com circunferência abdominal superior a 85 cm. Os voluntários foram divididos aleatoriamente em dois grupos: um recebeu uma dose diária de 50mg do extrato de lichia, enquanto o outro recebeu placebo.

Após 10 semanas de estudo, além de melhorias na circunferência da cintura e da gordura abdominal, melhorias na resistência à insulina foram registradas naqueles que receberam extrato de lichia em comparação aos que receberam placebo. Acompanhando estas alterações observou-se também um aumento dos níveis sanguíneos de adiponectina, um hormônio que regula uma série de processos metabólicos e que parece melhorar os fatores de risco associados à obesidade. Este estudo, mesmo em um período curto de tempo, demonstrou diferenças significativas: aqueles que receberam o extrato de lichia perderam 15% de gordura abdominal, bem como cerca de 3 cm na circunferência da cintura, comparados aos que receberam placebo.

Os pesquisadores concluíram que “É evidente que a presença de antioxidantes naturais no extrato de lichia pode oferecer uma ampla gama de benefícios em preparações farmacêuticas, alimentos e suplementos dietéticos, bem como no desenvolvimento de bebidas funcionais. Incentivar o consumo da lichia é uma boa atitude em benefício da saúde”.

A fruta pode ser consumida in natura (retirando a casca), em compotas, sucos, e em diversas receitas. Extratos de lichia também já são comercializados pelo mercado farmacêutico. Recomenda-se apenas moderação no consumo para aquelas pessoas que apresentam disfunções renais, pois é uma fruta rica em potássio.

A safra da lichia inicia-se em outubro e vai até o final de janeiro, sendo bem mais fácil encontrá-las neste período, nas feiras e mercados. 100g de polpa de lichia contém:

Calorias: 65.

Proteína:  0,8g.

Gorduras:  0,4g.

Carboidratos:  16,3g.

Fibras  0,2g.

Cálcio:  10mg.

Fosforo:  29mg.

Ferro:  0,3mg.

Sódio: 3mg.

Potássio:  170mg.

Tiamina:  0,50mg.

Riboflavina:  0,60mg.

Niacina:  0,6mg.

Vitamina C:  50mg.

Texto Revisado por Nícia Padilha.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here