Polivitamínicos não previnem câncer ou doença cardiovascular em mulheres menopausadas, aponta estudo

0
583

A formação de radicais livres tem sido associada ao desenvolvimento de várias doenças, como os cânceres e as doenças cardiovasculares. O uso de vitaminas, como o objetivo de neutralizar a ação destes radicais livres, tem sido testado como uma estratégia de prevenção.

O uso de polivitamínicos não tem influência no risco de câncer, doença cardiovascular ou na mortalidade em geral, de acordo com uma análise de mais de 160.000 mulheres menopausadas, que participaram dos ensaios clínicos do Women’s Health Initiative (WHI).

Os autores do estudo dizem que as consumidoras precisam reavaliar esta prática, pois não há evidências científicas que suportem o uso de polivitamínicos com o objetivo de prevenir o câncer ou a doença cardiovascular.

Existem outras estratégias preventivas que são realmente efetivas, dizem os pesquisadores. O dinheiro gasto com o uso de suplementos vitamínicos poderia ser mais bem empregado em outras práticas, como a compra de frutas e vegetais ou para incrementar a prática de  atividades físicas.

Fonte: Archives of Internal Medicine.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here