Quais são os sintomas de um ataque cardíaco em pacientes jovens?

0
486

O infarto do miocárdio ou infarto agudo do miocárdio, popularmente conhecido como ataque cardíaco, é uma emergência médica na qual parte do fluxo sanguíneo do coração sofre uma interrupção súbita e intensa, produzindo a morte das células do músculo cardíaco (necrose miocárdica).

O pico de ocorrência do primeiro infarto do miocárdio costuma ser aos 55 anos de idade nos homens e aos 63 anos de idade nas mulheres. Um novo estudo avaliou os sintomas relatados por pacientes jovens que sofreram um infarto do miocárdio.

Para esse estudo, os pesquisadores avaliaram 2.009 mulheres e 976 homens com idades entre 18 e 55 anos, hospitalizados por infarto do miocárdio. Esses pacientes participaram do estudo VIRGO (Variation in Recovery: Role of Gender on Outcomes of Young AMI Patients).

Segundo as informações obtidas junto aos pacientes, 87% das mulheres e 89,5% dos homens apresentaram dor torácica, referida como uma dor, pressão, queimação, aperto ou desconforto no peito.

As mulheres tinham mais probabilidade de apresentar 3 ou mais sintomas associados (por exemplo: sintomas localizados na “boca do estômago”, dor ou desconforto na mandíbula, pescoço, braços ou entre as omoplatas, e palpitações). Esses sintomas ocorreram em 61,9% nas as mulheres e 54,8% para os homens.

As mulheres com infarto do miocárdio tiveram maior probabilidade ​​de não apresentar dor torácica, e também foram mais propensas a acreditar que seus sintomas eram fruto de estresse ou ansiedade.

Aproximadamente 30% das mulheres e 22% dos homens procuraram atendimento médico para sintomas semelhantes antes de sua hospitalização, no entanto, 53% das mulheres relataram que seu médico descartou que os sintomas estivessem relacionados a uma doença cardíaca, em comparação com 37% observado nos homens.

Conclusões

Os pesquisadores concluíram que:

-A apresentação dos sintomas do infarto do miocárdio foi semelhante para mulheres e homens jovens, sendo a dor torácica o sintoma predominante em ambos os sexos.

-As mulheres apresentaram um maior número de sintomas adicionais, independentemente da presença de dor torácica

-Em relação aos homens com infarto do miocárdio, as mulheres e os médicos foram menos propensos a atribuir os sintomas a uma doença cardíaca.

Fonte: Circulation.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here