Uma partida estressante de futebol dobra o risco de um ataque cardíaco, diz estudo

0
352

Uma partida estressante de futebol dobra o risco de um ataque cardíaco. Essa é a constatação de estudo que avaliou a ocorrência de eventos cardíacos em dias dos jogos da Copa do Mundo de futebol, que ocorreram na Alemanha entre junho e julho de 2006.

Nos dias dos jogos da seleção alemã de futebol, a incidência de emergências cardíacas foi 2,66 vezes maior que no período-controle (dias sem jogos). Nos homens esse risco foi 3,26 vezes maior e nas mulheres 1,82 vezes maior.

Entre os pacientes que tiveram eventos coronarianos, como angina do peito instável ou infarto do miocárdio, 47% já eram portadores de doença cardíaca prévia. A maior incidência de eventos foi observada nas duas primeiras horas após o início do jogo.

Os autores do estudo concluíram que um jogo de futebol estressante mais que dobra o risco de ocorrência de um evento cardiovascular agudo. Principalmente em pacientes  portadores de doença coronariana, tal achado sugere que medidas preventivas sejam adotadas.

Fonte: The New England Journal of Medicine.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here