Síndrome da apneia do sono aumenta em até três vezes o risco de morte , diz estudo

0
111

Sofrer de apneia do sono, condição caracterizada por interrupções da respiração durante o sono, acompanhadas de ronco e sonolência durante o dia, pode trazer consequências mais graves do que apenas atrapalhar o sono do paciente ou de seu cônjuge.

Segundo estudo da Universidade de Wisconsin-Madison (Estados Unidos), pessoas com apneia grave podem ter um risco três vezes maior de morrer prematuramente, e esse risco pode aumentar se a doença não for tratada.

Acompanhando por 18 anos um total de 1.500 pessoas com idades entre 30 e 60 anos, os pesquisadores observaram que 19% daqueles com apneia grave morreram no período, contra apenas 4% dos voluntários que não tinham a doença.

A relação entre apneia do sono e morte, relacionada a eventos cardíacos, era especialmente forte: 42% das mortes. Os autores destacam, no entanto, que um tratamento adequado pode proteger contra o risco de morte.

Fonte: blogboasaude.zip.net

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here