Síndrome de Dressler

0
388

A síndrome de Dressler  ( conjunto de sinais e sintomas ) é uma inflamação do pericárdio ( membrana que envolve o coração ), que  ocorre tardiamente , como uma complicação de um infarto do miocárdio ( cerca de 2 a 12 semanas após o início do quadro ).

Seu mecanismo de aparecimento parece ser imunológico , podendo também inflamar a membrana que envole os pulmões , levando à uma pleurite e derrame pleural ( água na pleura ). Atualmente , a síndrome de Dressler é uma complicação rara do infarto do miocárdio.

Sinais e sintomas:

O quadro caracteriza-se por dor torácica ( dor no peito ) pleurítica ( que piora com a respiração ) e febre. Um atrito pericárdico ( um tipo de ruído na ausculta cardíaca ) , costuma estar presente , podendo ser detectado também um derrame pleural ( líquido na pleura dos pulmões ) , causando dispnéia ( falta de ar ). 

Diagnóstico:

O exame clínico ( história e exame clínico ) ,  eletrocardiograma , ecocardiograma e , se necessário ,  raio x de tórax , são úteis para o diagnóstico da síndrome de Dressler. O exame mais elucidativo , é o ecocardiograma .

Tratamento:

O tratamento pode ser com medicamentos  ou com uma cirurgia . Os antiinflamatórios são úteis para o tratamento , no entanto , os corticóides poderão ser necessários para o adequado controle dos sintomas . O tempo médio de tratamento da doença é de cerca de 1 a 4 semanas. O tratamento cirúrgico  pode ser necessário quando for detectado um derrame pericárdio ( líquido no pericárdio ) volumoso , que comprometa a dinâmica ( funcionamento )  cardiopulmonar .

Prognóstico:

É uma doença que costuma ser autolimitada , com baixas taxas  de complicações graves ( derrames pericárdicos volumosos são raros , mas quando presentes necessitam intervenção cirúrgica precoce ).

www.portaldocoracao.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here