“Cincoentões” que fumam, são hipertensos e têm colesterol elevado, vivem 10 anos menos

0
159

Dados de um novo estudo demonstraram que a presença de apenas três fatores de risco cardiovascular em pessoas de meia-idade (tabagismo, pressão arterial alta e colesterol elevado), eleva em três vezes as taxas de mortalidade vascular em comparação com indivíduos sem nenhum destes fatores de risco.

Os pesquisadores também observaram uma taxa  duas vezes maior de mortalidade por causas não-vasculares e uma expectativa média de vida 10 anos inferior a partir dos 50 anos de idade, nos indivíduos portadores destes 3 fatores de risco.

Dr. Robert Clarke (University of Oxford, Reino Unido) e seus colegas avaliaram dados  de 18. 863 homens com idades entre 40 e 69 anos que estavam trabalhando no serviço público de Londres.

Estas pessoas quando foram examinadas pela primeira vez entre 1967 e 1970. Eles completaram questionários e realizaram  exames médicos, incluindo a medição da pressão arterial, dosagem do colesterol, glicemia (taxa de açúcar no sangue), e medições de altura e peso, além de responder a perguntas sobre a sua história médica, hábito de fumar, classe social, emprego e estado civil.

As pessoas foram divididas em dois grupos com base nos três principais fatores de risco cardiovascular: fumante atual (sim ou não); pressão arterial (elevada, ou seja, pressão sistólica maior que 140 mmHg, ou baixa, pressão sistólica menor que 140 mmHg) e nível do colesterol (alto, ou seja, maior que 200mg por dl ou baixo, menor que 200mg por dl).

Além disso, um escore de risco foi calculado a partir destes fatores. Os homens foram acompanhados por 38 anos: 13. 501 morreram e 4.811 foram reexaminados no anos de 1997. No início do estudo, 42% dos homens eram fumantes, 39% apresentavam pressão arterial elevada e 51% tinham colesterol alto.

Ao serem reexaminados, cerca de dois terços dos  fumantes prévios haviam parado de fumar e as diferenças nos níveis de pressão arterial e colesterol foram atenuados em dois terços dos participantes.

Apesar disso, em comparação com os homens sem fatores de risco no início do estudo, a presença de todos os três fatores de risco  foi associado com uma expectativa de vida 10 anos menor após os 50 anos de idade (23,7 versus 33,3 anos).

Fonte: BMJ.

Autor: Dr Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here