Cirurgiões ilustres: Dr. Rene Favaloro

0
260

“Coisas materiais são temporárias: somente os ideais são duradouros e dentro deste contexto, a difícil batalha deve ser: educação e desenvolvimento científico para uma sociedade na qual justiça social é a prioridade” (Rene Favaloro).

O grande professor Rene Favaloro morreu no dia 31 de julho, a cardiologia mundial encontra-se de luto e nós latino-americanos devemos olhar a morte de Favaloro como mais uma orientação pedagógica do eterno professor.

Favaloro nasceu em 14 de julho de 1923 na cidade de La Plata (capital da Província de Buenos Aires). Formou-se em medicina como melhor aluno de sua turma em 1949. Em 1961 foi trabalhar no Departamento de Cirurgia Torácica e Cardiovascular na Cleveland Clinic a convite do Dr. Donald Effler. Em maio de 1967, realizou a primeira cirurgia de revascularização miocárdica (ponte de safena), e obteve fama e reconhecimento científico mundial. O seu sonho de ajudar ao desenvolvimento da pesquisa, ensino e da assistência cardiovascular no seu país levou Favaloro a retornar para Argentina em 1971 e criar a Fundação Favaloro em 1980. A visão de Favaloro sobre assistência cardiovascular era de ser plena e sem previlégio entre ricos e pobres, com forte visão de justiça social.

Rene Favaloro apontou os erros do o atual modelo econômico da prática médica, onde o médico é pressionado a restringir os tratamentos de alto custo aos pacientes. Escreveu, debateu, explicitou suas preocupações sobre o Managed Care. Nos últimos anos enfrentou o seu maior desafio sensibilizar as autoridades governamentais do seu país para auxiliarem a Fundação. Favaloro que apresentava sérias dificuldades econômicas.

Aos seus admiradores e amigos e o gesto de suicídio do grande Professor Favaloro é mais uma lição que o grande “maestro” nos ensina. A que nós médicos devemos ter ideais nobres e coletivos, e preservá-los frente a insensibilidade daqueles que não enxergam o desenvolvimento científico como o maior investimento de uma nação na era da sociedade do conhecimento.

A Universidade Federal Fluminense (UFF) tem um acordo de cooperação com a Fundação Favaloro para pesquisa e ensino cardiovascular, e a nossa instituição assim como toda a comunidade de cardiologistas brasileiros somos solidário com a perda do homem e professor símbolo de toda uma geração de cardiologistas argentinos, brasileiros e de todo o mundo.

Autor: Dr. Evandro Tinoco Mesquita – Professor de Cardiologia da UFF – Coordenador da Unidade de Emergência do Hospital Pró-Cardíaco

Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here