Como aumentar os níveis do HDL-colesterol ou “colesterol bom” ?

0
161

A aterosclerose (formação de placas de gordura ou ateromas , na parede das artérias) e suas manifestações  clínicas , como a angina do peito , infarto do miocárdio (ataque cardíaco) e o derrame cerebral , são as  principais causas de morte na população. As anormalidades do colesterol total e de suas frações , são um dos mais principais fatores de risco para a aterosclerose. O colesterol total é composto pelos triglicerídeos  , LDL-colesterol( colesterol “ruim” ) e o HDL-colesterol ( colesterol “bom” ). Este último , o HDL-colesterol , é responsável pelo ciclo reverso do colesterol , ou seja , pela retirada das gorduras das artérias , levando-as até o fígado  para que possam ser eliminadas .

A elevação de 1mg/dl do HDL-colesterol, reduz o risco relativo de um infarto do miocárdio em 2%. Os valores  normais de HDL-colesterol para homens são iguais ou maiores que 40 mg/dl e maiores ou iguais a 50mg/dl nas  mulheres e em pessoas diabéticas. Valores de HDL-colesterol acima de 50 mg/dl nos homens e acima de 60mg/dl nas mulheres , são considerados como um fator de proteção para aterosclesrose.

Atualmente , temos drogas muitos efetivas para a redução do LDL-colesterol: vastatinas ou estatinas (são as drogas mais usadas , podem promover reduções da ordem de até   60%) , ácido nicotínico , ezetimiba e a colestiramina . Ao contrário das drogas que atuam no LDL-colesterol, as quais soladamente ou  em associação , acarretam reduções muito expressivas desta fração do colesterol , as drogas que são usadas  para aumentar o HDL-colesterol , são menos efetivas .

Inicialmente , para obtermos um aumento expressivo dos níveis do colesterol “bom” , algumas mudanças nos  hábitos de vida deverão ser adotadas. A redução do peso corporal (5 a 10% , pelo menos) pode aumentar o  HDL-colesterol em 5 a 20% ; a cessação do tabagismo em 5% e  a redução da ingesta de álcool a níveis moderados   (cerca de duas taças de vinho , ou duas doses de destilados ou duas latas de cerveja nos homens e , metade dessas quantias  em mulheres) em 5 a 10%. No entanto , a medida de hábito de vida que mais aumenta o HDL-colesterol, é a prática regular de exercícios , levando a elevações  de até 30%.

O HDL-colesterol sofre pouca influência alimentar , no entanto , pode ser reduzido quando há excesso do consumo de gorduras trans , presentes em bolos , bolachas , biscoitos e sorvetes. As drogas usadas para aumentar o HDL-colesterol são  as vastatinas , fibratos  e o ácido nicotínico que , respectivamente , proporcionam aumentos na ordem de 10%, 30% e 35% , nos níveis de HDL-colesterol. Infelizmente , uma droga que estava em fase final de teste , o torcetrapid (que aumentava o HDL-colesterolem até 100%) , acabou sendo reprovada por efeitos indesejáveis. Outros estudos , com novas drogas voltadas  para a elevação do HDL-colesterol , estão em andamento.  

www.portaldocoracao.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here