Dez fatos alarmantes sobre o tabagismo, segundo a OMS

0
248

Abaixo enumeramos dez fatos alarmantes sobre o tabagismo, segundo a Organização mundial de Saúde:

Fato 1

O tabaco é a principal causa de morte, passível de prevenção, em todo o mundo. O tabaco causa uma em cada 10 mortes entre os adultos de todo o mundo. Em 2005, o tabaco causou 5,5 milhões de mortes, cerca de uma morte em cada 6 segundos. A projeção para 2008 é de 8 milhões de óbitos.

Fato 2

O tabaco está envolvido em mais da metade das doenças que matam os seus usuários. Cerca de 29% da população mundial fuma. O tabagismo é mais comum entre os homens (47.5% do total) do que entre as mulheres (10.3% do total).

Fato 3

Mais do que 80% do total de 1 bilhão de fumantes em todo o mundo, vive em países de baixa e média renda. Em 2030, estima-se que mais de 80% das mortes pelo tabaco ocorram em países em desenvolvimento.

Fato 4

O tabaco causou 100 milhões de mortes no século 20. Caso o quadro atual de tabagismo mundial persista, estima-se que um bilhão de pessoas morrerá no século 21 por doenças associadas ao uso do tabaco.

Fato 5

A queima dos derivados do tabaco produz substâncias nocivas à saúde. Fumar em locais fechados expõe os fumantes e os não-fumantes (tabagistas passivos) a inúmeros efeitos nocivos dos derivados do tabaco.

Fato 6

O tabagismo é prejudicial à saúde, pois existem aproximadamente 4000 substâncias químicas provenientes da queima dos derivados do tabaco. O tabagismo passivo pode causar doenças cardiovasculares e respiratórias que podem levar à morte.

Fato 7

Estima-se que 700 milhões de crianças (metade de todas as crianças de todo o mundo) respirem ar poluído por elementos derivados da queima dos derivados do tabaco, particularmente em sua própria casa. O tabagismo passivo causa muitas doenças sérias em crianças e, além disso, piora condições clínicas de doenças crônicas, como a asma brônquica.

Fato 8

Cerca de 200.000 trabalhadores morrem a cada ano, devido à exposição ao tabaco em seu ambiente de trabalho. Nos Estados Unidos estima-se que o tabagismo passivo seja responsável por 3000 mortes de câncer de pulmão, anualmente, entre tabagistas passivos deste país.

Fato 9

O tabagismo passivo impõe custos econômicos, trabalhistas e sociais. Implica em perda significativa da capacidade de trabalho.

Fato 10

Não existe um nível seguro de exposição passiva aos derivados do tabaco. Métodos de ventilação ou filtração ou ambos, não reduzem a exposição aos derivados do tabaco em lugares fechados. Somente os locais 100% livres dos derivados do tabaco são seguros para seus frequentadores.

Fonte: Organização Mundial de Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here