Fatores de risco para o suicídio

0
278

O Brasil encontra-se no grupo de países com taxas baixas de suicídio.Essas taxas variaram de 3,9 a 4,5 para cada 100 mil habitantes a cada ano, entre os anos de 1994 e 2004.

No entanto, como se trata de um país populoso, está entre os dez países com maiores números absolutos de suicídio (7.987 em 2004).Os dois principais fatores de risco para o suicídio são: antecedentes de transtorno mental e tentativa prévia de suicídio.

Os fatores de risco para suicídio podem ser divididos em 4 grandes grupos, conforme listado abaixo:

Transtornos mentais (em participação decrescente nos casos de suicídio):

– Transtornos do humor (ex.: depressão);

-Transtornos mentais e de comportamento decorrentes do uso de substâncias psicoativas (ex.: alcoolismo);

-Transtornos de personalidade (principalmente borderline, narcisista e anti-social);

-Esquizofrenia;

-Transtornos de ansiedade;

-Comorbidade potencializa riscos (ex.: alcoolismo + depressão).

Sociodemográficos:

-Sexo masculino;

-Faixas etárias entre 15 e 35 anos e acima de 75 anos;

-Estratos econômicos extremos;

-Residentes em áreas urbanas;

-Desempregados (principalmente perda recente do emprego);

-Aposentados;

-Isolamento social;

-Solteiros ou separados;

-Migrantes.

Psicológicos:

-Perdas recentes;

-Perdas de figuras parentais na infância;

-Dinâmica familiar conturbada;

-Datas importantes;

-Reações de aniversário;

-Personalidade com traços significativos de impulsividade, agressividade e humor lábil.

Condições clínicas incapacitantes:

-Doenças orgânicas incapacitantes;

-Dor crônica;

-Lesões desfigurantes perenes;

-Epilepsia;

-Trauma medular;

-Neoplasias malignas;

-Aids.

Fonte:Ministério da Saúde(2009).

www.portaldocoracao.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here