O que é a síndrome X ou angina microvascular?

0
350

A  síndrome X, também chamada de angina microvascular,  é uma doença caracterizada pela presença de sintomas típicos de angina do peito, testes de isquemia positivos (teste de esforço ou cintilografia de perfusão miocárdica alterados, por exemplo) e artérias coronárias normais ao exame de cateterismo cardíaco e cineangiocoronariografia ou angiotomografia coronariana.

Sintomas

A doença acomete mais mulheres, principalmente no período próximo da menopausa. Os pacientes  costumam perceber as crises de angina do peito como uma sensação de pressão, aperto ou queimação, na região central do tórax. A dor também pode atingir os ombros ou irradiar-se pela face interna dos membros superiores, costas, pescoço, maxilar ou região superior do abdômen. Muitos indivíduos descrevem a sensação mais como um desconforto ou uma pressão  do que uma dor propriamente dita.

Causas e diagnóstico

A síndrome X é um diagnóstico de exclusão, ou seja, é necessário afastar outras causas para as crises de dor no peito, como a doença arterial coronariana (obstrução das artérias do coração por placas de gordura).

Uma hipótese para explicar o quadro da síndrome X seria a disfunção coronariana microvascular (alterações da microcirculação, ou seja, a pequena circulação do sangue que não é visualizada no exame de cateterismo cardíaco e cineangiocoronariografia ou através da angiotomografia coronariana), disfunção endotelial (perda da capacidade plena de dilatação das artérias), ocorrência de episódios de vasoespasmo (contração anormal da parede da artéria, estreitando-a), maior sensibilidade à dor e transtorno psicossomático.

A disfunção coronariana microvascular ocorre em ambos os sexos, e pode ser demonstrada através de exames como a ressonância cardíaca e PET-CT, e seu prognóstico (gravidade) ao longo prazo parece não ser tão favorável com os outros casos de síndrome X, com maior risco de infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral e morte.

Tratamento

O tratamento é voltado para o combate dos sintomas anginosos, através do uso de medicamentos, além da perda de peso, prática de exercícios e uso das estatinas (drogas redutoras de colesterol).

A evolução clínica dos pacientes portadores da síndrome X costuma ser favorável. Uma exceção pode ser o grupo causado por disfunção coronariana microvascular.

Autor: Dr. Tufi Dippe Jr – Cardiologista de Curitiba – CRM/PR 13700.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here