Viaje sem descuidar-se da alimentação

0
75

Final de ano é um período comum de planejar viagens e curtir um pouco com a família e os amigos. A consciência nas atitudes com a alimentação é fundamental para que a viagem contribua somente para a qualidade de vida das pessoas.

Estar atento com as escolhas na alimentação ajuda a garantir a felicidade não só durante o passeio, mas quando se retorna para casa também.

Aqui vão algumas dicas:

– Cuidado com aquele “super” café da manhã do hotel. Consuma porções adequadas de cada grupo, ou seja, 1 – 2 porções de fruta (1 fruta e 1 copo de suco de fruta natural), 1 porção de proteína (frios ou ovos), 1 porção de carboidrato (pão) e 1 porção do leite (leite ou iogurte).

– Dar preferência sempre aos produtos desnatados e pobres em gorduras.

– Prefira sempre que possível os restaurantes, deixando as lanchonetes para situações esporádicas.

– No corre – corre entre passeios e compras procure tomar líquidos como água ou sucos (com adoçante). Dê preferência àqueles com menos calorias.

– Mesmo com tanto agito, não pule as refeições. É melhor comer menores quantidades mais frequentemente.

– Ao sair para as compras, leve frutas (podem ser frutas secas). Elas ajudam a amenizar a fome, evitando que você entre no primeiro fast – food e coma em sanduíche muito calórico.

– Deve-se ingerir muito líquido, principalmente água (2 – 3 litros) para a manutenção das funções normais do organismo, mas sempre no intervalo das refeições.

– Está calor? Consuma bastante água e também pode optar por um picolé de frutas. Evite aqueles preparados com leite.

– Está frio? Evite chocolate quente – prefira chás ou café (se quiser leite opte pelo desnatado)

– Coma devagar e mastigue bem os alimentos. Assim evita-se comer muito. Além disso, a digestão ocorre mais facilmente.

– Se exagerar em bebidas alcoólicas, tome bastante líquidos durante o dia para se hidratar e desintoxicar o corpo.

– Procure comer saladas antes do prato principal, que por possuírem alto teor de fibras, levam mais tempo para serem mastigada favorecem a saciedade, além de melhorarem o funcionamento intestinal.

– Você também tem direito a uma porção de batata, massa, arroz, feijão ou farofa. Quando um deles entrar no seu prato os outros saem.

– Você deve evitar experimentar tudo que tem vontade de uma vez só. Experimente uma coisa diferente a cada dia. Isso evitará exageros e desequilíbrio no peso corporal.

– Você não precisa deixar de comer pratos apetitosos durante a viagem. Mas não exagere. Procure comer durante o restante do dia alimentos leves, como saladas e frutas.

– Evite repetir as porções. (Exceto saladas)

– Se você abusou muito num dia, não desanime. Apenas tente se controlar mais no dia seguinte. Não desista do seu objetivo. Tente equilibrar sua refeição.

– Na saída de restaurantes e lojas, evite comprar guloseimas como: balas e bombons. Se for o caso de não resistir, prefira chicletes sem açúcar.

– Um chá de frutas com adoçante é um bom truque para dar aquele gostinho doce à boca no final das refeições. Assim você perde a vontade de comer sobremesa nos restaurantes.

– Não durma logo após as refeições e não ingira alimentos pesados à noite, pois nesse período a digestão é mais lenta e difícil.

– Saiba aproveitar não somente os prazeres da culinária que esta viagem pode lhe proporcionar; passeie bastante, visite os pontos turísticos e queima bastante calorias.

– Algumas cidades possuem uma culinária característica a qual nem sempre se adapta a qualquer organismo. Temperos diferentes e preparações fortes devem ser consumidas com moderação, pois podem refletir em alterações fisiológicas para organismos mais sensíveis.

Ana Flávia Pinheiro – Nutricionista – CRN1004.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here